PAVIMAK - Máquinas Extrusoras de fazer guia sarjeta e meio-fio Voltar para HOME

INSTITUCIONAL

Fale com a Pavimak

FALE CONOSCO: (41) 3382-2808

INSTRUÇÕES PARA

OPERAÇÃO DAS MÁQUINAS

Selecionamos as principais informações para tirar todas as suas dúvidas referente ao manuseio e operação da sua máquina Pavimak. Veja abaixo os itens selecionados e havendo outras dúvidas, entre em contato conosco clicando aqui.

  • 1 - PIQUETEAMENTO

    Fincar piquetes com intervalos de 5,00 metros, fixar a linha nestes, de modo que fique com a mesma cota de altura do perfil de concreto a ser moldado. A distância entre o alinhamento do perfil e os piquetes será de 0,30 metros.

    Para o caso de traçados em curva, os piquetes terão intervalos de até 1,00 metros no máximo, com raio mínimo (R) de curvatura de 3,00 metros. Preparar o terreno com uma tolerância de 2 a 3 cm da altura desejada do perfil de concreto. Quanto mais cuidadosa a preparação inicial, mais fácil será a operação da extrusora.

  • 2 - ACIONAMENTO

    Posicionar a extrusora de maneira que o ponteiro guia fique o mais próximo possível da linha, a qual deverá estar devidamente esticada nos piquetes. Verificar se o alinhamento e o grade estão corretos, se a escavação tem largura e profundidade suficiente para a operação da extrusora. Assegurar- se de que entre o terreno e base da fôrma haja uma tolerância mínima de 2 a 3 cm. O acionamento do motor somente deverá ocorrer após o depósito de argamassa e concreto estarem devidamente abastecidos.

  • 3 - ALINHAMENTO E NIVELAMENTO

    O ponteiro guia deverá sempre acompanhar a linha, fazendo- se uso constantemente da direção da extrusora. É preciso que a extrusora permaneça sempre em nível durante a Operação. Para tanto, deverão ser feitos pequenos ajustes no dispositivo regulador de altura, em curtos intervalos.

  • 4 - ABASTECIMENTO DE CONCRETO E ARGAMASSA

    É de suma importância manter o abastecimento de concreto e argamassa durante a operação, certifique-se de que a fôrma fique sempre cheia. Não deixe cair concreto na caixa de argamassa. Evite deposição de argamassa na caixa, durante intervalos de abastecimento distantes.

  • 5 - ACABAMENTO

    O mais rápido possível, após a passagem da extrusora, e depois de cortadas as juntas, fazer o acabamento final, passando as peças de acabamento na mesma direção da extrusora. Não usar demasiada pressão na ferramenta enquanto o concreto estiver mole. Cobrir a maior distância possível a cada passada das peças de acabamento, para evitar deformações causadas pelas diferentes pressões sobre as ferramentas.

     

    É possível, ainda com o concreto mole, melhorar o alinhamento do meio-fio batendo com uma desempenadeira de aço para dentro e para fora. Nunca deixe de fazer o acabamento enquanto a argamassa estiver úmida. Portanto, a cada 15,00 metros produzidos, passar as peças de acabamento com argamassa fresca.

  • 6 - JUNTAS DE DILATAÇÃO

    Umedecer o cortador de juntas e cortar o concreto em intervalos de 3,00 a 4,00 metros. Mover o cortado r para ambos os lados, para permitir a retirada deste.

  • 7 - GUIA REBAIXADA (ENTRADA DE VEÍCULOS)

    Logo após a passagem da extrusora, cortar as juntas, colocar as fôrmas para entrada de veículos, tirar o excesso de concreto, colocar argamassa fazer acabamento da maneira descrita acima.

  • 8 - CAIXA COLETORA (BOCA DE LOBO)

    Colocar madeira tapando as caixas, para facilitar a passagem da extrusora, retirar a madeira e cortar o meio-fio para fazer a entrada da água.

  • 9 - término da operação

    Levante a extrusora para que esta possa ficar livre do perfil de concreto, afastando-a em seguida para recolocar o rodado traseiro. Deve-se afinar o perfil de concreto com uma colher (devido a dilatação), para possibilitar que se reinicie a operação no dia seguinte, evitando-se com isso, que se faça grandes emendas.

  • 10 - limpeza

    Sempre que encerrar a operação, deve-se efetuar o serviço de limpeza na extrusora, observando-se que fiquem limpas em especial, a fôrma, o depósito de argamassa, martelo extrusor e as saídas. É aconselhável aplicar uma camada de óleo na superfície, para facilitar a limpeza da extrusora.

  • 11 - treinamento em areia

    Após ligar o motor e familiarizar-se com os controles da extrusora, fincar piquetes e fixar uma linha na altura normal do meio-fio. Colocar a extrusora de maneira que o ponteiro guia fique bem perto da linha. Tirar o rodado traseiro da extrusora. Destacar um dos homens para operar a extrusora, enquanto os outros membros da equipe enchem de areia úmida a entrada da extrusora. Continuar por dez minutos; depois disso, as instruções seguintes serão entendidas com facilidade. Recomendam-se vários treinamentos com areia antes de usar concreto, afim de familiarizar a equipe com suas tarefas individuais.

  • 12 - equipe necessária

    A equipe mínima necessária para operar a extrusora, na execução de meio-fio e sarjetas, compõe-se de quatro (04) homens que farão inclusive entradas de carros, preparando também a argamassa que será usada para a próxima betoneira de concreto. As tarefas destes quatro serão assim divididas:

     

    01 - Operar a extrusora.

    01 - Encher a extrusora com concreto.

    01 - Fazer argamassa.

    01 - Cortar as juntas e fazer os acabamentos.

  • 13 - equipamento adicional requerido

    Luvas de borracha

    Formas para entrada da garagem

    Piquetes

    01 - Betoneira de 300 a 500 I.

    02 - Desempenadeiras de aço

    01 - Desempenadeira de madeira

    02 - Colheres de pedreiro

    01 - Marreta

    01 - Nível de 1,00m de comprimento

    01 - Peça para acabamento das juntas

    01 - Pá

    02 ou 03 Carrinhos de mão

    1500 metros de linha de nylon

  • 14 - considerações gerais

    A Pavimak é uma extrusora de concreto que pode produzir acima de 600 metros lineares por dia.

     

    Sugerimos um certo intervalo entre a primeira e a segunda viagem de concreto, afim de que a equipe possa avaliar os erros cometidos e fazer as retificações que se fizerem necessárias, o que propiciará melhores resultados subsequentes.

     

    A mistura (traço) de concreto é da inteira responsabilidade do fornecedor e não deve ser aceita se não atender às especificações. Evitar a entrada de pedras na caixa de argamassa. A consistência correta da argamassa será conseguida através de tentativas sucessivas.

     

    Ao final de um dia de trabalho, cortar corretamente o concreto para facilitar o trabalho do dia seguinte. Concretar o espaço deixado, entre um dia e outro de trabalho, com concreto e argamassa colocados manualmente. Evitar que se faça grandes emendas.

     

    Não deixe a extrusora ligada enquanto estiver parada sobre o concreto; esse tempo não poderá ultrapassar 30 minutos. Retire-a de sobre o concreto e comece novamente, se necessário.

     

    Aprenda a antecipar os efeitos dos ajustes nos controles. Pequenos ajustes em intervalos frequentes são o segredo de um bom controle. O nivelamento da extrusora terá prioridade sobre os outros controles.

     

    Assegure-se de que o concreto tenha umidade suficiente.

PAVIMAK - Máquinas Extrusoras de fazer guia sarjeta e meio-fio
Faça o seu financiamento via BNDS

ENTRE EM CONTATO

RUA MARECHAL HERMES, 569

SÃO JOSÉ DOS PINHAIS / PR

CEP 83065-000

041 3382-2808

041 98486-0206

PAVIMAK@PAVIMAK.COM.BR

© PAVIMAK - MÁQUINAS EXTRUSORAS  .  TODOS OS DIREITOS RESERVADOS   .  041 3382-2808  /  98486-0206  .  PAVIMAK@PAVIMAK.COM.BR  . DESIGN BY NAVAS.DESIGN

ENTRE EM CONTATO CONOSCO E SOLICITE UM ORÇAMENTO:

INSTRUÇÕES PARA

OPERAÇÃO DAS MÁQUINAS

Selecionamos as principais informações para tirar todas as suas dúvidas referente ao manuseio e operação da sua máquina Pavimak. Veja abaixo os itens selecionados e havendo outras dúvidas, entre em contato conosco clicando aqui.

ENTRE EM CONTATO

RUA MARECHAL HERMES, 569

SÃO JOSÉ DOS PINHAIS / PR

CEP 83065-000

041 3382-2808

041 98486-0206

PAVIMAK@PAVIMAK.COM.BR

© PAVIMAK - MÁQUINAS EXTRUSORAS

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

DESIGN BY NAVAS.DESIGN

Fale com a Pavimak

(41) 3382-2808